domingo, 2 de outubro de 2011

Porque devemos amar Israel?

Amando o Messias e sua vida, conhecendo mais sobre os princípios de Deus revelados em sua Palavra anunciados na formação da Igreja no primeiro século, poderemos entender cada vez mais sobre o papel da Igreja e sua relação para com os judeus e a nação de Israel.

      Vamos entender também, acompanhando passo a passo, a evolução deste mistério de Deus reservado para estes dias que antecederam a vinda do Messias relacionados com o povo judeu e Israel, não só testificando o cumprimento de profecias, mas também conhecendo e desempenhando no tempo determinado a missão de Deus confiada à Igreja gentílica.

      Há realmente um grande mistério que devemos entender. Conforme dito por Paulo, não há diferenças entre judeus ou para quaisquer outros povos que estejam em Cristo Jesus. Ou seja, quanto à salvação ela é individual para todos, sem exceção, e só poderemos entrar na graça e no reino mediante o novo nascimento em Jesus Cristo.

      Porém, não podemos confundir salvação individual com os propósitos que Deus reservou para a nação de Israel. Infelizmente, há ainda, devido a grande influência do sistema de Roma, interpretações errôneas quanto aos termos Igreja e Israel, principalmente no que tange aos distintos cumprimentos proféticos. Tenho certeza que lendo esta publicação vamos aprender muito sobre este mistério, como por exemplo, o que o apóstolo Paulo quis dizer no capítulo 11, referente ao versículo... "e assim, todo Israel será salvo"... o assunto é vasto e complexo, porém vamos trata-lo por etapas e bem devagar.

      Por outro lado é muito importante entender o movimento dos nossos irmãos em Cristo, denominados "Judeus Messiânicos", distinguindo seu contexto e sua relação com o cumprimento profético da Palavra.

      O primeiro capítulo de João diz que Jesus veio para os seus, mas os seus não o receberam, e assim todo aquele crê e recebe Jesus torna-se filho de Deus com direito a todas as promessas, recebendo a bênção de Abraão. Mas, sabemos que Israel como nação se converterá imediatamente após a igreja gentílica ter alcançado sua plenitude, ou seja, os judeus começam a receber Jesus de Nazaré como seu Messias esperado. Para que isto aconteça, a Igreja de Jesus tem que voltar sua atenção para Israel, envolvendo-se no ministério de misericórdia por ele, amando-o orando e intercedendo por ele.

      Simplesmente como introdução, gostaria de compartilhar alguns pontos, segundo minha interpretação, por que a Igreja de Jesus deve amar Israel e seu povo? Certamente, existem inúmeras razões ou propósitos para nós cristãos amarmos Israel. Poderia, creio eu, ser até tema de um grande livro. Porém, gostaria de só citar alguns tópicos como:

  • Se você quisesse saber que horas são no "relógio de Deus, para qual nação você olharia?

  • Quem é Jesus? Onde nasceu e com que propósito?

  • Deus tira Abraão da Caldéia e o leva para onde?

  • Por meio de quem a bênção de Deus foi estendida até nós?

  • Qual o povo que foi escolhido por Deus para fazer com Ele uma aliança?

  • Onde determinou Deus que este povo escolhido morasse?

  • Qual o povo que teve o próprio Deus como seu libertador do cativeiro abrindo o Mar Vermelho?

  • Em qual país foram as leis de Deus editadas?

  • Em qual nação "choveu" manah?

  • Qual o nome da terra em que os profetas falaram por Deus?

  • Em qual nação escolheu Deus para que o Tabernáculo fosse construído?

  • Em que país nasceram cada um dos 40 autores da Bíblia?

  • Em que língua e onde foi escrita a Bíblia?

  • Qual o povo escolhido por Deus para ser a linhagem do Messias Jesus?

  • Qual a religião e a terra que foram o berço do Cristianismo?

  • Em que país nasceu, viveu, morreu e ressuscitou Jesus?

  • Em qual cidade aconteceu o primeiro batismo do Espírito Santo?

  • Qual foi a terra dos grandes milagres?

  • Qual o povo que foi expulso de sua própria terra por quase dois mil anos?

  • Qual o país cujo deserto floresce e é transformado em pomar, exportando seus frutos para o mundo, cumprindo profecias escritas há quase 3.000 anos?

  • Onde acontecerá a Segunda vinda do Messias?

  • Para onde os judeus espalhados pelo mundo estão voltando, cumprindo as profecias?

  • De onde saiu o maior apóstolo de todos os tempos?

  • Qual o povo mais perseguido desde sua existência até os dias de hoje?

  • Por que esta perseguição constante? O que acontecerá em breve? E onde?

  • Qual o povo que mais sofreu todo tipo de atrocidade e extermínio coletivo?

  • Qual o povo cujo número de mortos na Segunda Guerra somou 6 milhões, sem que os mesmos estivessem em combate?

  • Contra quem os "anti-cristos" se levantaram, se levantam e se levantarão?

  • De quem e onde os "gentios" (todas as nações) recebem a salvação?

  • Onde fica a cidade de Deus? E por que as nações de outras religiões querem esta cidade como capital?

  • Qual é a única cidade do mundo que orando por ela recebe-se paz, prosperidade e muitas outras bênçãos?

  • De onde virão os 144.000?

  • Onde aparecerão as duas testemunhas do Apocalipse?

  • Onde acontecerão e se cumprirão as profecias finais?

  • Qual o povo, conforme as profecias, se converterá a Jesus Cristo, como nação?

  • Onde se dará a batalha final do Armagedom?

  • Em qual monte (cidade) Jesus chegará na sua 2º vinda juntamente com sua igreja, para estabelecer o reino de Deus?

  • De onde reinará Jesus no milênio?

  • Será que todos estes fatos podem ser coincidências ou ser ignorados?

  • Podem, então, os verdadeiros cristãos, ignorar Israel e seu povo?

  • Pode, porventura, um outro país, ou uma outra cidade substituir a determinação divina, conforme as profecias, assumir o papel de Israel e da Igreja?

      Assim, no mesmo tempo em que houve a dispersão dos judeus, houve também a expansão da mensagem do Evangelho para o mundo. Da mesma forma, com o regresso dos judeus à sua terra, a Igreja de Jesus também volta sua atenção para Israel. Se fomos nascidos de novo em Espírito, o próprio Espírito nos testifica que somos filhos e co-herdeiros das promessas de Deus reveladas na Palavra de Deus, a Bíblia.

      Portanto, cremos em toda a Bíblia, amando-a e vivendo-a a cada dia.
"Orai pela paz de Jerusalém, prosperarão aqueles que te amam". (Salmo 122:6)

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Às vezes pensamos que já passou do tempo, Em outras vezes achamos que foi cedo demais. Buscamos tudo com muita pressa. Esquecemos que tudo tem sua hora. Lutamos com o tempo, Que não podemos segurar. E também não sabemos como fazer ele passar rápido. Somos apressados e atrasados no aprendizado da vida. Só temos direito ao presente, Que nos faz seguir aonde vamos e ser quem somos. Não podemos adiantar o relógio da vida, Tudo tem sua hora. Quando acontece algo, Não foi tarde e nem é cedo. Tudo vem na permissão do tempo de DEUS, Na evolução de nossa existência. COM SUA BENÇAO CHEGAREMOS NO TEMPO CERTO NA HORA CERTA AMÉM; FIKE NA PAZ DE JESUS!!!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

COMO CHEGAR AO LUGAR DA VITORIA

Muitos pensam que chegar ao lugar da vitoria é como uma loteria. Se derem sorte, chegarão la; se derem azar não chegarão. Diante de algum frracasso, alegam que não sabem e nem entedem porque não chegaram. A verdade é que, para chegarmos ao lugar da vitoria, Deus nos submete a provas.
A maioria deseja alcançar o lugar da benção prometida por Deus, mas não sabe que, entre o ponto em que se  encontra e aquele a onde que chegar, , existe um longo caminho a ser pecorrido, e que nesse caminho há dificeis provas propostas pelo Senhor.
Em diversos episódio biblicos, vemos esse tratamento de Deus na vida de homens e mulheres chamado por Ele. O Senhor exige obidiência total e propõe recompesas, mas tambèm estabelece testes para provar Seu povo. Assim foi com Abraão, quando recebeu a promessa de uma terra e uma descendência(Gn 12.1-3), e com Israel, quando foi liberto da escravidão no Egito.
O Senhor nos submete a prova, como afirma o autor do salmo (66.10-12).
O verbo hebraico utilazado nesse texto com a ideia de prova é bachan, que  significa testar, examinar minuciosamente, e o verbo com a ideia de refinar é tsaraph, cujo sentido é fundir, purificar. Já o termo original traduzido como armadillha é matsuwd, rede, lugar de aprisionamento, e como fardos e muw'aqah aperto, aflição, pressão.
Em outras palavras, o que o autor desse salmo está dizendo é que Deus nos submete a duros testes para nos examinar e purificar antes de levar-nos a um lugar de fartura, onde nos sentiremos segurose saciados.
Deus permite situações com as quais não conseguimos lidar para reconhecermos nossa fragilidade, esvaziarmo-nos do orgulho e da soberba, dando lugar a humildade,e para admitirmos que dependemos do único Deus, que pode fazer o que ninguem faz.
Diante dessa realidade e das grandes coisas que o Senhor tem para você, não reclame das provações. Deus o esta refinando e não vai deixa-lo passar do ponto de refinamento nem permitir que as chamas o destruam. Ele o esta mantendo nessa fornalha para purificá-lo, a fim de que a Sua imagem seja mas bem refletida em você. Quando isso ocorrer, o proposito divino se cumprirá, e você chegará ao lugar que Deus lhe prometeu.
O Senhor nos faz passar por tudo isso para que valorizemos o Seu favor e não desperdicemos nada, porque sabemos o quanto custou chegar nesse patamar. Tambem para que saibamos usufruir com responsabilidade e gratidão das bençãos que Ele nos levou a alcançar, com a convicção de que foi Deus quem nos guiou e possibilitou-nos a vitória.
Pastor  Silas Malafaia.
by Mayara Moreira

domingo, 12 de junho de 2011

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

video

sábado, 4 de dezembro de 2010



A grandeza do mar

Você sabe por que o mar é tão grande?
Tão imenso? Tão poderoso?
É porque teve a humildade de colocar-se alguns centímetros
abaixo de todos os rios.
Sabendo receber, tornou-se grande.
Se quisesse ser o primeiro, centímetros acima de todos os rios,
não seria mar, mas sim uma ilha.
Toda sua água iria para os outros e estaria isolado.
A perda faz parte.
A queda faz parte.
A morte faz parte.
É impossível vivermos satisfatoriamente.
Precisamos aprender a perder, a cair, a errar e a morrer.
Impossível ganhar sem saber perder.
Impossível andar sem saber cair.
Impossível acertar sem saber errar.
Impossível viver sem saber viver.
Se aprenderes a perder, a cair, a errar, ninguém mais o controlará.

Porque o máximo que poderá acontecer a você é cair, errar e perder.
E isto você já sabe.
Bem aventurado aquele que já consegue receber com a mesma naturalidade
o ganho e a perda, o acerto e o erro, o triunfo e a queda,
a vida e a morte.